reprodução: website Unsolved

A história de dois jovens negros que tiveram suas vidas tiradas pela violência urbana, pela guerra entre facções rivais ou até mesmo uma conspiração policial. E se todas essas histórias pertencessem ao mesmo caso? Estamos falando do assassinato dos rappers Tupac Shakur  e The Notorius B.I.G. que mais uma vez ganha as telas, agora na série Unsolved – The Murders of Tupac and the Notorious B.I.G., que passou a fazer parte do catálogo da Netflix. Esse é um caso que intriga não só os norte americanos, mas também qualquer outro fã de Hip Hop espalhado pelo mundo.

A série é criação de Kyle Long, mesmo produtor de The People vs O.J. Simpson: The Crime History. Long traz muito de The people vs O.J. Simpson em Unsolved ao tentar solucionar um caso de assassinato que ficou bastante famoso à época. A série é centrada nas investigações dos detetives Greg Kading (Josh Duhamel) e Russell Poole (Jimi Simpson) e passa em espectros temporais distintos, e que se alternam. A primeira investigação, chefiada por Russell Poole (Jimi Simpson) – que aconteceu pouco depois do assassinato de B.I.G.(1996); e a força tarefa comandada pelo detetive Greg Kading (Josh Duhamel) que volta ao caso 10 anos após a primeira e fracassada investigação (2006). Nos 10 episódios da série é possível perceber a atmosfera que cercava a carreira dos dois e como a polícia de Los Angeles, extremamente corrupta, trabalhou no caso mais para não resolvê-lo do que para por um fim na história. Apesar de ser baseada na vida de dois dos maiores rappers de todos os tempos a série peca ao não trazer as músicas dos dois, por não conseguir os direitos de reprodução.

Como a maioria das carreiras ligadas ao gênero do Hip Hop, as de B.I.G, revivido por Wavyy Jonez e Tupac, interpretado por Marcc Rose, não fogem a regra. Nascidos nos guetos de Nova Iorque e Los Angeles, respectivamente, os artistas tiveram que conviver face a face a violência e as drogas das ruas e viam na música a única forma de mudar a vida das suas famílias. Uma realidade realidade não muito distante da que encontramos próxima a nós.

O que é mais interessante em Unsolved é perceber que um caso envolvendo a morte de dois astros da música norte americana, mais de 20 anos  depois, continua sem solução. Essa pergunta ainda passa pela cabeça, principalmente das mães e dos fãs dos jovens. Ao assistir a série você poderá perceber os reais motivos que levaram a policia a não investigar realmente a fundo toda essa história que parece não ter fim. A série não se atém apenas aos assassinatos dos rappers e contextualiza a amizade dos dois, os mal-entendidos que levaram eles a romperem laços e ainda aborda a relação umbilical dos músicos com suas mães, fundamentais no contexto da época. É uma boa pedida para quem é fã dos rappers e para quem curte séries investigativas.