fbpx

Sobre o Obirin

     Somos Obirin, um coletivo de comunicação surgido em 2015, fruto da união de cinco estudantes de Rádio, TV e Internet da UFPE. Nosso nome tem origem Yorubá, um idioma comum a região ao sul do Saara, no continente africano e significa mulheres.
     Tudo começou com a produção de um documentário sobre a articulação de mulheres pernambucanas para a Marcha das Mulheres Negras de 2015, que aconteceu em Brasília. A partir da produção do documentário, intitulado justamente de Obirin, foi percebido o quanto de invisibilidade existe para as pautas relacionadas ao povo negro em Pernambuco.
     A partir dessa observação Débora Eloy, Ivson Henrique, Joyce Viana, Lais Rilda e Saile Campos resolveram ir além da produção desse documentário e criar um site destinado a dar espaço a produções da população negra em Pernambuco. Daí foi criada a primeira versão desse portal que temos hoje, além das nossas redes sociais. 
     Quando criamos Obirin estávamos no meio da graduação e essa experiência nos foi fundamental para moldar os profissionais que nos tornamos ao fim da nossa graduação. E durante todo aquele período foi importante contarmos com o apoio de alguns professores que nos incentivaram a manter os nossos sonhos e objetivos com Obirin. Gostaríamos de agradecer especialmente às professoras Ana Veloso e Patrícia Horta e ao professor Sérgio Mendonça, pelo incentivo e por sempre nos apoiar nas nossas iniciativas.
     Em 2020 somos pessoas bem diferentes daquelas que começaram tudo isso em 2015, cinco anos fazem uma grande diferença. Continuamos com nossa essência voltada a uma comunicação mais inclusiva, dando visibilidade às pautas relacionadas à negritude e falando sobre aquilo que acreditamos ser importante não só para quem faz parte de Obirin, mas se enxerga nas nossas ações.
     Agora estamos dando um grande passo rumo ao lançamento deste portal que vocês estão vendo aqui, com uma equipe reformulada e ampliada para dar ainda mais alcance as pautas que nos são pertinentes. Gostaríamos de convidar você a conhecer o nosso conteúdo e a colaborar conosco, seja na produção de um texto, seja na sugestão de uma pauta. Seja muito bem vinda, seja muito bem vindo.

Quem faz o Obirin

Bia Carvalho

Social Media

Leitora de lidas e livros. Gosto de registrar e observar as belezas simples do dia a dia, além de falar sempre que possível sobre essas belezas e leituras.

Emanuely Lima

Redação

Jovem negra, filha do sertão do Pajeú e adotada pelo Recife. Recém-formada em jornalismo, costuma dizer que assobia e chupa cana ao mesmo tempo, experimenta de um tudo e se interessa por um mundo de assuntos e áreas, embora esteja sempre falando sobre negritude, feminismo e direitos humanos, tudo que perpassa a existência, dela e dos seus.

Lucas Daniel

Redação e Audiovisual

Lucas é fotógrafo, produtor cultural, roteirista e escreve sobre narrativas na internet centralizando as relações étnico raciais como estruturantes e estruturas da realidade social, política e cultural brasileira. Ele procura com as produções e os textos desvendar e jogar luz sobre as iniquidades sociais e raciais a partir do conceito de justiça social ligado a interdisciplinaridade entre psicanálise e comunicação.

Débora Eloy

Redação

Por definição: companheira, caridosa, desenrolada, amorosa, avexada, doce, paciente, disposta. Por autoria: estabanada, carente e abestalhada

Ivson Henrique

Coordenação textual

Radialista de formação, tem seu legado baseado em produções relacionadas a questões étnico-raciais. Amante de esportes e produções audiovisuais que tratam sobre filosofia, existencialismo e tempo.

Lucyanna Melo

Redação e Fotografia

Curiosa, faladeira, boa ouvinte e estudante de jornalismo. com bastante caraminholas na cabeça que acabam virando texto ou foto. as vezes eu leio uns livros também, porque o mundo real é meio chato.

Sharon Baptista

Produção Audiovisual

Eis aqui uma comunicadora inquieta, apaixonada por contar boas histórias. Na minha jornada profissional, destaco as experiências na TV Clube PE e no Portal OP9. O Canal Futura também faz parte da minha história. Produzindo e documentado para o projeto Geração Futura. Foi através do jornalismo multimídia que somei e desenvolvi projetos como Apresentadora, Redatora, Produtora, Assessora de Imprensa e Social Media.

Débora Oliveira

Coordenadora de audiovisual

Produtora do Programa Chega Junto (Rádio Paulo Freire), com passagem pelo setor de produção da TVU (TV Universitária – NTVRU, UFPE). Câmera e editora de vídeos no canal Afrocrente, membra do colegiado do MNE (Movimento Negro Evangélico - Recife), da Rede de Mulheres Negras Evangélicas. Mulher negra, filha de Débora Felipe, neta de Cícera Silva e Maria Bezerra.

Lais Rilda

Coordenação de mídias sociais e edição de vídeo

Apaixonada por histórias, tenho o desejo constante de escutá-las, vê-las e registrá-las na tentativa que outros possam viver essa experiência e assim reconhecer no outro um pedaço de si.

Mallu Oliveira

Redação e Audiovisual

Estudante de comunicação, atualmente produtora do Programa LGBT no Ar, afrofuturista apaixonada por tecnologia e inovação. Escrevo sobre o que vivo e sobre o que eu gostaria de mudar.

Tiago Martins

Revisão textual

Básico desde o vestuário, ajusto a minha vida em torno do essencial. Sou mais ouvinte que falante, apreciador do conhecimento e do uso das palavras