Até onde vai o humor de Danilo Gentili?!

Danilo Gentili está envolvido em mais uma polêmica envolvendo suas piadas racistas. O mais recente fato aconteceu no feriado de Páscoa quando o apresentador do SBT compartilhou no seu Instagram uma foto com sua assistente de palco Juliana Oliveira.


A publicação ganhou grande repercussão nas redes sociais e gerou debate sobre a legenda utilizada pelo apresentador, na qual chama a assistente de chocolate, numa clara alusão a cor da pele da moça. Alguns fatores devem ser analisados antes de chegarmos a qualquer conclusão. Os dois envolvidos no fato, tanto juliana quanto Danilo, afirmam que tudo não passou de uma brincadeira. Eles estão no direito de brincar, de ter apelidos um com o outro, pode s er normal no trato entre eles. Só que Danilo é uma figura pública, com casos recorrentes relacionados ao tipo de piada que ele faz, tanto no seu programa, quanto no seu show de Stand-Up Comedy, piadas que depreciam as pessoas e constrangem com comparações inapropriadas e ofensivas, em parte piadas com cunho racista. A partir do momento que essa figura já conhecida por seus discursos disfarçados de piadas posta uma foto nas circunstâncias em questão, é evidente que as reações sejam contrárias e o debate racial seja aberto. Não é porque a própria Juliana Oliveira não se ofendeu com o ocorrido, ela postou uma nota de apoio ao apresentador no seu Facebook que a piada vai deixar de ser ofensiva.



Quando eles conversam entre si e para eles não é ofensivo, está tudo ótimo e tranquilo, mas quando isso é tornado público tem outra dimensão. Quando Danilo posta na rede social o alcance da postagem é multiplicado, a piada se espalha e será replicada milhares de vezes. Não é só para a Juliana, ela se torna universal para os negros. Ela se torna universal para as pessoas que se enquadram nas características de Juliana. Se ela, eu e mais outros milhares de negro não se sentirem ofendidos com o post, mas no cantinho mais remoto do Brasil, um negro ou negra se incomodou, essa postagem já é sim ofensiva. Ao Danilo, não adianta muito explicar o que acontece quando ele dissemina suas piadas racistas, homofóbicas, gordofóbicas, contra loiras, contra pobres e todo o seu “enorme” repertório de anedotas, ele vai continuar fazendo e fazendo, é uma pessoa que não conhece limites. O que entristece é ver que as pessoas ainda assim continuam venerando, comprando e reproduzindo seus discursos. Basta um simples acompanhamento dos comentários nas postagens relacionadas ao tema. Lamentável a falta de empatia do brasileiro. 

Ivson Henrique